Assembleia aprova pauta de reivindicações

Os metroviários, reunidos na assembleia de 15/3, aprovaram a pauta de reivindicações da Campanha Salarial 2018. A pauta será protocolada no dia 16/3 (sexta-feira) com o pedido de abertura imediata das negociações. Também será solicitado ao Metrô que o nosso atual Acordo Coletivo tenha validade até o fechamento da Campanha Salarial.

Veja os principais itens da pauta:

– Reajuste salarial de 3,42% e produtividade de 19,1%
– VA de R$ 650,32
– VR: reajuste de 19,1%
– Volta do pagamento nos dias 15 e 30
– Antecipação do 13º salário em janeiro
– Plano de Carreira Unificado da GOP e GMT
– Reintegração, já!
– Basta de violência e agressões – Mais contratações!
– Basta de demissões! Não à Avaliação de Desempenho
– Equiparação Salarial, já! Pagamentos dos steps e movimentações atrasados!
– PR igualitária
– Mais investimentos no Metrus
– Periculosidade para todos
– Risco de Vida de 30%

O Conselho Consultivo terá reunião em 26/3 para discutir e aprovar a estratégia da Campanha Salarial, inclusive escolhendo o adesivo. O slogan da Campanha é “Nenhum Direito a Menos. Contra a privatização e a terceirização. Reforma Trabalhista sai, Acordo Coletivo fica”.

042/043
A assembleia reafirmou que os acordos individuais propostos pela empresa são ilegais. Nosso Acordo Coletivo não prevê banco de horas. Portanto, não assine acordo individual.

Linha 5
Continua a nossa batalha contra a privatização e lutaremos para garantir condições de trabalho para todos os [email protected] da L5 e contra toda e qualquer discriminação praticada pela empresa. Será feito um chamado a todos os metroviários para resistir contra os ataques da empresa. Os direitos dos trabalhadores da L5 estão garantidos em nosso Acordo Coletivo!

Contribuição

A assembleia de 15/3 aprovou desconto de 1% do valor da PR dos metroviários para pagamento da PR dos funcionários do Sindicato, demitidos e diretores liberados.

Nenhum Direito a Menos e Avançar nas Conquistas!