| Início | Diretoria | Secretarias | Estatuto | Acordos | Serviços | Sindicalização | Links | Fale conosco |
 
Menu
História
Congressos
Documentos
Colônia de Férias
Jurídico
Esporte
Classificados
Você sabia?
Canal Aberto
Censo Étnico-Racial
Publicações
Plataforma
Bilhete
Jornal do Usuário
Carta Aberta
Informe Publicitário
Jornal da Colônia
Prestando Contas
Espaço Metroviário
Textos Literários
Espaço Aberto
Multimídia
Fotos
Vídeos
Ao Vivo
Áudios
Sindical
Fenametro
CSP - Conlutas
Intersindical
Unidos Pra Lutar
tv dos metroviarios
twiter
Metroviarios no Facebook
Resoluções do 10 Congresso
O que é assédio moral?
Cartilha 2% do PIB para o Transporte
Uma História de Resistência - 2a. edição
Espaço Metroviário
Fenametro
siteantigo
 
Assembleia decreta greve para quarta-feira, 1º de junho
Diante da intransigência do Metrô e do governo, assembleia realizada em 26/05, com mais de 1200 metroviários, decidiu decretar greve a partir de quarta-feira, 1º de junho. Haverá assembleia de preparação no dia anterior, 31/05, terça-feira, às 18h30, no Sindicato.

Seguindo determinação do governador Alckmin, o Metrô insistiu na proposta de 6,39% de reajuste, conforme INPC/FIPE, não atendendo minimamente as principais necessidades dos metroviários apresentadas na pauta de reivindicações.

Diante de mais esta demonstração de pouco caso com o sufoco que a categoria enfrenta dia e noite para atender a população, os metroviários não tiveram alternativa, senão decretar greve para o dia 1º de junho, com assembleia de preparação a ser realizada no dia 31/05, às 18h30, no Sindicato.

Chega de sufoco! Os metroviários exigem reconhecimento e valorização! A população merece e tem direito ao transporte público com qualidade!

- Reajuste de 10,79%, conforme IGPM, para reposição da inflação;

- Produtividade de 13,80%, conforme ICV-Dieese;

- Reajuste de 13,90% para o VR;

- Aumento do valor da cesta básica e do VA para R$ 311,09;

- Equiparação salarial e Plano de Carreira;

- PPP para aposentadoria e plano de saúde para os aposentados;

- Não à privatização das L4 e L5;

- PR igualitária;

- Licença maternidade de seis meses;

- Anistia aos demitidos.

Subir PDF PDF Imprimir IMPRIMIR E-mail ENVIAR
< Anterior   Próximo >

Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transportes Metroviários e em Empresas Operadoras de Veículos Leves sobre Trilhos no Estado de São Paulo

Sede: Rua Serra do Japi, 31 - Tatuapé  -  CEP 03309-000
Fone: (11) 2095-3600 - Fax: (11) 2098-3233
Sub-sede: Rua Cerqueira Cesar, 480, Santo Amaro. Atendimento: terças e sextas-feiras, das 9h às 17h, (fecha das 12h às 13h), fone: 7467-3841.

  sindicato@metroviarios-sp.org.br   Produção FH