Por um metrô sem LGBTFOBIA – Tese sobre Opressões

Em 2008, os metroviários LGBTs conseguiram, depois de oito anos de discussão, incluir seus companheiros e companheiras no plano de saúde do Metrus e no seguro de vida do metrô. Mas só isso? Ah, direito a tirarem férias juntos, mas só se não “Houver prejuízos ao bom andamento dos serviços”, isto está em P.O. Mas […]